Projeto Baleia Rosa realiza desafios em apoio à vida

In Geral

Presente em diversas redes sociais, os desafios da Baleia Rosa contribuem para uma vida mais solidaria e saudável

Juliano Santos

Uma página criada nas redes sociais dispõe de diversos desafios diários para seus seguidores realizarem. Motivando a pratica de boas ações e elevando a autoestima dos participantes, o projeto Baleia Rosa teve início no dia 13 de abril. Hoje, sua página no Facebook possuí mais de 280 mil curtidas.

A ideia nasceu na mente de dois publicitários que, após o trabalho, discutiam sobre o jogo Baleia Azul que afetava os jovens na internet. Eles decidiram que deveriam mudar essa ideia de que a internet só traz coisas ruins. Atualmente o projeto possui um site oficial e páginas  no Facebook, Twitter e Instagram. Recentemente, foi desenvolvido um aplicativo para facilitar o acesso dos participantes nos desafios. Os desafios que A Baleia Rosa propõe são para disseminar o bem, como, por exemplo, perdoar um amigo, passar um dia sem dizer palavras negativas ou simplesmente usar uma roupa nova em um dia especifico da semana. Para comprovar que foi realizado basta usar a #eusoubaleiarosa nas redes sociais. No fundo o maior desafio de todos é uma motivação para uma vida solidária.

Entre as diversas pessoas que praticam os desafios propostos pela página, está a estudante Brenda Passos. Assim que soube do projeto, mostrou para alguns colegas que sofriam com problemas de autoestima. Seus amigos adotaram a ideia também. “O primeiro desafio que eu fiz foi pegar um lixo na rua que não é meu. No início não foi nada muito novo para mim, mas depois comecei a fazer coisas que antes eu não fazia por receio de ser mal vista”, conta.

O objetivo inicial do projeto  era provar para as pessoas que é possível espalhar o bem numa proporção muito maior do que as coisas ruins. “A causa foi tomando outra dimensão. Abrimos os olhos e a cabeça das pessoas para falar de problemas psicológicos. Isso não é brincadeira, nem frescura ou mimimi como falam por aí”, explica Ana Hoppe, cofundadora do projeto Baleia Rosa.  Ana ainda enfatiza que é necessário criar o habito de conversar sobre o assuntos sem tabus. Para ela, isso é uma responsabilidade de todos.

O principal intuito da Baleia Rosa, ao contrário da Baleia Azul, é promover o bem estar das pessoas que estão precisando de um apoio e talvez sofram de depressão ou baixa autoestima. Dessa forma, há o fomento de expressões positivas. “Mesmo que você esteja passando por um momento difícil, sempre há um caminho positivo para mudar sua lente”, finaliza.

Link da imagem: https://goo.gl/p2VwXQ

 

You may also read!

Desnutrição infantil atinge população.

Fome no Brasil promove alerta sobre as consequências da desnutrição infantil

Diante do cenário de fome crescente no Brasil, pesquisas revelam como a desnutrição infantil afeta as demais etapas da

Read More...
Sessões terão apoio da ANS

ANS retira limite de sessões com fisioterapeutas, psicólogos e outros

A decisão sobre as sessões impacta a usuários de planos de saúde. Lucas Pazzaglini A Agência Nacional de Saúde

Read More...
Plástico é produto de difícil reciclagem

No more plastic! Canadá proíbe a produção e importação de plásticos de uso único

A nova regulamentação entrará em vigor a partir de dezembro de 2022. Cristina Levano O governo canadense apresentou as

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu